NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Cerca de 650 mil pessoas morrem todos os anos de doenças respiratórias ligadas à gripe influenza

Cerca de 650 mil pessoas morrem todos os anos de doenças respiratórias ligadas à gripe influenza
0
(0)

A maioria das mortes ocorre entre pessoas com mais de 75 anos e nas regiões mais pobres do mundo. Todos os países, ricos e pobres, grandes e pequenos, devem trabalhar em conjunto para controlar os surtos de gripe antes da chegada da próxima pandemia

Anualmente, cerca de 650 mil pessoas morrem em decorrência de doenças respiratórias causadas por vírus do tipo influenza, também conhecido como gripe sazonal, indicam as novas estimativas da OMS – Organização Mundial da Saúde e do US-CDC (United States Centers for Disease Control and Prevention).

Este dado revela um aumento na estimativa global anterior, que girava entre 250 e 500 mil mortes há mais de dez anos. Os novos números – de 290 a 650 mil mortes – baseiam-se em dados recentes de um grupo maior e mais diversificado de países, incluindo os de baixa e média renda, e excluem óbitos por doenças não respiratórias.

“Esses números indicam o alto peso da gripe e seus substanciais custos sociais e econômicos para o mundo”, disse o Dr. Peter Salama, Diretor Executivo do Programa de Emergências de Saúde da OMS. “Eles destacam a importância da prevenção da gripe para epidemias sazonais, bem como a preparação para pandemias”.

As estimativas levam em consideração os resultados dos recentes estudos de mortalidade respiratória decorrente da gripe, incluindo um estudo realizado US-CDC (United States Centers for Disease Control and Prevention), publicado em The Lancet na quinta-feira (14 de dezembro de 2017).

De acordo com o US-CDC, a maioria das mortes ocorre entre pessoas com mais de 75 anos e nas regiões mais pobres do mundo. A África subsaariana responde pelo maior risco de mortalidade por gripe do mundo, seguido de perto pelo Mediterrâneo Oriental e o Sudeste Asiático.

“Todos os países, ricos e pobres, grandes e pequenos, devem trabalhar em conjunto para controlar os surtos de gripe antes da chegada da próxima pandemia. Isso inclui o fortalecimento da capacidade de detectar e responder a surtos e fortalecer os sistemas de saúde para melhorar a saúde dos mais vulneráveis e que estão sob maior risco de contaminação”, disse o Dr. Salama.

Quase todas as mortes de crianças com menos de cinco anos com infecções do trato respiratório inferior relacionadas à influenza ocorrem nos países em desenvolvimento, mas os efeitos das epidemias de gripe sazonal nos países mais pobres do mundo não são totalmente conhecidos.

A OMS está trabalhando com parceiros para avaliar o impacto global da gripe, fornecendo orientação e experiência aos Estados-Membros para medir o peso da doença da gripe e suas consequências econômicas.

Mais estudos de vigilância e pesquisa sobre outras doenças, como as cardiovasculares, que podem ser relacionadas à gripe, deverão produzir estimativas substancialmente mais elevadas nos próximos anos.

A OMS incentiva os países a priorizar a prevenção da gripe e a produzir estimativas nacionais para informar as políticas de prevenção. A vacinação anual contra a gripe é recomendada para prevenir doenças e complicações da infecção por influenza. A vacinação é especialmente importante para pessoas com maior risco de complicações graves de gripe e morte, além dos profissionais de saúde.

O que é a gripe influenza?
A gripe sazonal é uma infecção viral aguda que se espalha facilmente de pessoa para pessoa e circula em todo o mundo. A maioria das pessoas se recupera dentro de uma semana sem necessidade de atenção médica. Doenças respiratórias comuns relacionadas à gripe sazonal que podem causar a morte incluem pneumonia e bronquite.

O Grupo de Trabalho de Combate à Doença Influenza da OMS é composto por especialistas do Instituto de Ciências Médicas da Índia, da Universidade Nacional de Cingapura, do Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul, do CDC dos EUA, da Universidade do Valle de Guatemala e da Universidade de Edimburgo.

 

Veja mais

 

gripe

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos