NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Choosing Wisely: quando menos é mais

Choosing Wisely: quando menos é mais
0
(0)

O movimento acredita que o uso excessivo de atos médicos de baixo valor pode causar mais malefício do que benefício

Medicina é a arte da incerteza e ciência da probabilidade? O movimento internacional Choosing Wisely diz

que cada ato médico tem a probabilidade de ser benéfico ou de não surtir efeito ou fazer mal.

“Seja um exame, um tratamento ou uma cirurgia de baixo valor vai tem mais probabilidade de fazer mal que bem ao paciente”, diz Luis Claudio Lemos Correia, professor Adjunto da Escola Bahiana de Medicina. Diretor Científico do Hospital São Rafael. Livre-docente em Cardiologia e Doutor em Medicina e Saúde. Neste simpósio irá debater o “Choosing Wisely”. “Choosing Wisely é focado em menos é mais”, afirma o médico.

Leia mais:

Movimento Choosing Wisely leva a refletir sobre exames sem benefícios

Rastreamento de câncer de pulmão: confira a discussão neste webinar

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos