NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Look-alike: qual a importância da segurança na rotulagem dos medicamentos?

Look-alike: qual a importância da segurança na rotulagem dos medicamentos?
1
(1)

Risco nos “look-alike”: rotular medicamentos parece tarefa simples no processo industrial, mas envolve uma série de regras para evitar incidentes

A rotulagem dos medicamentos pelo fabricante pode parecer simples no âmbito industrial mas quando chegam no ambiente hospitalar o percurso dos medicamentos na cadeia medicamentosa pode representar um risco quando avaliam-se as aparências físicas.

Combinação de estratégias evita erros na conciliação de medicamentos, diz farmacêutica do Sírio-Libanês

Farmacêutico de oncologia tem papel primordial no plano de segurança do paciente

Como controlar e reconciliar medicamentos em ambiente hospitalar

A aparência semelhante de medicamentos torna-se um risco para ocorrência de eventos adversos, sendo um fator crítico que merece medidas de prevenção. “Isso porque diferentes medicamentos podem ter rótulos e tamanhos semelhantes, o que pode gerar uma confusão entre os profissionais”, diz Camilla Souza Rehen, farmacêutica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Ambiente hospitalar

A acreditação hospitalar, por exemplo, incluiu um padrão de qualidade exigindo que as instituições realizem ações para prevenção de falhas relacionadas aos medicamentos semelhantes.

A identificação de rótulos similares no ambiente hospitalar permite a avaliação de estratégias para prevenir troca de medicamentos como, por exemplo, comunicação aos profissionais da Instituição, envio de sugestão ao fabricante para alteração do rótulo ou até mesmo troca por fornecedores com rótulo diferente.

Veja mais

 

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos