NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Profissional de saúde precisa saber ouvir e respeitar paciente e família

Profissional de saúde precisa saber ouvir e respeitar paciente e família
0
(0)

ESPECIAL IBSP – CUIDADOS PALIATIVOS

 

Um dos principais pilares dos cuidados paliativos é a comunicação. A forma como o profissional da área médica aborda as pessoas envolvidas em todo o processo de tratamento de doenças tem impacto crucial no objetivo final, que é o alívio do sofrimento de pacientes e familiares.

“Todas as medidas que vão além do cuidado médico, como habilidades de comunicação, como dar uma má notícia e até comunicação de perda, entram em cuidados paliativos”, explica Dr. Ricardo Tavares de Carvalho, diretor científico da Academia Nacional de Cuidados Paliativos.

 

Escute e conheça o paciente

Proporcionar uma melhora no bem-estar de pessoas com doenças que ofereçam risco à vida passa pelo processo de ajudá-los a lidar com o problema que enfrentam. Mas isso vai além de usar as palavras mais adequadas para cada momento. É também estar disposto a escutar o outro. “É muito importante ouvir o que as pessoas têm a dizer, entender os sofrimentos que elas estão trazendo”, afirma o profissional.

Outra abordagem importante nesse processo de comunicação é voltar atenção para conhecer a pessoa que será cuidada, conhecendo seus gostos, preferências, escolhas e interesses. “É primordial no cuidado paliativo conhecer o paciente. Perguntar do que a pessoa gosta, como ela é, ter um interesse legítimo por aquele paciente. Dessa forma, é possível ter dicas de como tratá-lo melhor”, revela.

A comunicação se faz essencial também em casos delicados em que a família e o paciente nem sempre estão de acordo com o plano de tratamento proposto. É nesse momento que a habilidade de comunicação do profissional de saúde será colocada à prova. “É parte do princípio da boa comunicação conseguir chegar a esse consenso. Mas, se existe uma discordância irreversível entre família e paciente, a decisão final é do paciente”, orienta Ricardo Tavares.

E lembre-se: passar informações ao paciente e sua família é o que dá segurança no processo de tomada de decisão.

 

Saiba mais:

 

Saiba mais sobre o World Hospice and Palliative Care Day que é celebrado em 10 de Outubro no site: http://www.thewhpca.org/about

Conheça a Academia Nacional de Cuidados Paliativos: www.paliativo.org.br

 

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos