NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Bebidas muito quentes podem provocar câncer de esôfago, diz OMS

Bebidas muito quentes podem provocar câncer de esôfago, diz OMS
0
(0)

Conclusão foi de estudo realizado por comitê de 23 especialistas da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC), da OMS

 

A Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC), que é a agência do câncer da Organização Mundial da Saúde (OMS), avaliou a carcinogenicidade de beber bebidas muito quentes – aquelas consumidas a temperaturas superiores a 65°C.

 

O grupo de trabalho de 23 especialistas não encontrou nenhuma evidência conclusiva para efeitos cancerígenos de beber café. Nem para mate quando consumido gelado. No entanto, os peritos concluíram que beber bebidas muito quentes, provavelmente provoca câncer de esôfago em seres humanos. Isso porque o desenvolvimento do câncer pode estar ligado às inflamações agudas que as bebidas em alta temperatura podem causar na parede interna do esôfago – e não às bebidas em si.  Isso acontece, principalmente, se a frequência do consumo de bebidas muito quentes for alta, já que as inflamações podem se tornar crônicas, levando a danos celulares e à formação do carcinoma epidermóide, um tipo de tumor esofágico.

“O consumo de bebidas muito quentes é uma causa provável de câncer de esôfago e é a temperatura – não a bebida em si – que parece ser a causa”, disse Christopher Wild, diretor da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês), ao apresentar o estudo realizado pelo comitê de especialistas.

Temperatura é o que importa
Estudos em lugares como a China, a República Islâmica do Irã, Turquia e América do Sul, onde o chá ou de mate é tradicionalmente bebido muito quente (em cerca de 70°C), descobriram que o risco de câncer esofágico aumentou com a temperatura na qual a bebida estava sendo consumida.

Em experimentos com animais, também houve evidência limitada para a carcinogenicidade de água muito quente. “Fumar e consumir bebidas alcoólicas são as principais causas de câncer esofágico, particularmente em países de alta renda”, salienta Dr. Christopher Wild. “No entanto, a maioria dos cânceres de esôfago ocorre em partes da Ásia, América do Sul e África Oriental, onde regularmente as pessoas bebem bebidas muito quentes”, completa.

Câncer de esôfago
O câncer esofágico é a oitava causa mais comum de câncer em todo o mundo e uma das principais causas de morte por câncer, com cerca de 400.000 óbitos registrados em 2012 (5% de todas as mortes por câncer). Até o momento, a proporção de casos de câncer do esôfago, que pode ser ligada a beber bebidas muito quentes, não é conhecida.

Veja mais

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos

AVISO IMPORTANTE!

A partir do dia 1º de julho, todos os cursos do IBSP farão parte do IBSP Conecta, o primeiro streaming do Brasil dedicado à qualidade e segurança do paciente.

NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE E CONHEÇA AGORA MESMO O IBSP CONECTA!