NOTÍCIAS

Antibióticos: por onde começar um programa para a prescrição adequada

0
(0)
Farmácia: gestão racional do uso dos antibióticos é fundamental no combate à resistência antimicrobiana (Bigstock)
Farmácia: gestão racional do uso dos antibióticos é fundamental no combate à resistência antimicrobiana (Bigstock)

A crescente resistência das bactérias aos antibióticos transformou a adoção de um programa de uso adequado desses medicamentos, conhecido como projetos de stewardship de antimicrobianos, em um imperativo nos serviços de saúde. De maneira simplificada, trata-se de garantir que o antibiótico certo, chegue ao paciente certo, no momento certo, na dose certa, pela via certa. Os benefícios desse caminho correto reverberam entre pacientes, instituições de saúde e sociedade: a segurança para os pacientes é reforçada, o desfecho clínico melhora, os custos caem e a toxidade dos tratamentos e a resistência das bactérias diminuem. Não são só os antibióticos que podem ser contemplados: drogas contra vírus e parasitas – antimicrobianos, no geral – também merecerem atenção.

Tirar um programa de stedwarship do papel, porém, não é uma tarefa elementar. Há diretrizes, como a do Centro de Controle de Doenças do governo americano, o CDC, que são instruções detalhadas – e também complexas. “Quando você começa a olhar aquela lista de objetivos a seguir, assusta-se porque acha que não conseguirá”, afirma a infectologista Sylvia Lemos Hinrichsen, professora da Universidade Federal de Pernambuco e consultora do Brasa, o programa brasileiro de stedwarship de antimicrobianos, apoiado pelo Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente (IBSP).

Como o importante é começar, Sylvia relata a simplificação do início desses projetos, ao indicar quais pontos são essenciais. A primeira medida é avaliar o serviço de saúde para verificar quais áreas merecem maior atenção (onde estão os pacientes mais graves, por exemplo) e a estrutura da instituição (há um laboratório de microbiologia para fazer o diagnóstico do agente antimicrobiano correto?). “Primeiro, é preciso ter uma fotografia da realidade de uma instituição, para então adaptar os elementos essenciais à gestão adequada do uso dos antimicrobianos”, afirma Sylvia. Confira mais detalhes no vídeo a seguir.

Grupo de infectologistas definem critérios globais para hospitais enfrentarem resistência antimicrobiana 
>> Resgate de antigos antibióticos pode promover maior eficácia aos tratamentos atuais
>> Novos dados mostram níveis elevados de resistência aos antibióticos, diz OMS

 

 

Já existem diretrizes para simplificar a implantação de um projeto de stedwarship de antimicrobianos, para uso racional dos medicamentos e combate à resistência

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Comente

Veja outros conteúdos

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos