NOTÍCIAS

No que o Programa Nacional de Segurança do Paciente deve investir?

0
(0)

>> II Seminário Internacional de Enfermagem para Segurança do Paciente: inscrições abertas

O Programa Nacional de Segurança do Paciente foi lançado pelo Ministério da Saúde há cincos anos. É um marco importante no desenvolvimento de metodologias de qualidade nos serviços de saúde do Brasil, assim como de futuros indicadores – uma tendência internacional que começou, em 1999, com a divulgação do relatório To Err is Human, do então Institute of Medicine, dos Estados Unidos. O documento histórico trouxe à tona a necessidade de desenvolver a segurança do paciente.

Para o médico sanitarista Victor Grabois, presidente da Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp), o programa brasileiro foi importante, ao desencadear uma onda em busca de qualidade. Mas ainda faltam aspectos importantes a serem desenvolvidos, como investir na educação e qualificação dos profissionais do saúde, além de incentivar novas pesquisas na área de segurança do paciente. “Avançamos muito pouco em pesquisas em segurança do paciente”, afirma Grabois.

>> Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente
>> Precisamos ter medo dos hospitais?
>> Na UTI, a prevenção de pneumonia começa pela boca
>> Os 5 exames mais pedidos sem necessidade nos hospitais
>> Por que falhas de comunicação estão por trás de “erros” na saúde

Confira o balanço feito por Grabois no vídeo a seguir:

 

Programa Nacional de Segurança do Paciente

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Comente

Veja outros conteúdos

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos