NOTÍCIAS

Outubro Rosa: 7 respostas para dúvidas de pacientes sobre o rastreamento do câncer de mama

0
(0)

Com a campanha de conscientização Outubro Rosa, é o momento dos profissionais de saúde refletirem sobre o rastreamento do segundo tipo de tumor mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, excluindo-se o câncer de pele

 

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também pode acometer homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Para 2016, o INCA – Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva estima 57.960 novos casos.

“Campanhas como a do Outubro Rosa têm a função de conscientizar as pessoas sobre a importância de uma determinada doença, como é o caso do câncer de mama. Apesar de se dar um enfoque muito grande em quais exames as pessoas supostamente deveriam fazer, e isso gerar inclusive um apelo comercial, que é negativo no meu ponto de vista, talvez seja mais importante ressaltar que a verdadeira prevenção esteja envolvida em mudanças de hábito de vida. Atividade física regular e alimentação saudável ainda são as estratégias mais custo-efetivas para a prevenção real de diversos tipos de câncer, além de outras doenças”, diz o Dr. Lucas Zambon, diretor científico do IBSP – Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

“Mas as pessoas acabam tendo muitas dúvidas sobre a realização de exames (o que é popularmente chamado de check-up nessas situações). O rastreamento do câncer de mama é uma estratégia que busca detectar este tipo de câncer em seus estágios precoces, quando há maior chance de cura. A mortalidade em pacientes com câncer de mama veio diminuindo nas últimas décadas graças a diversos avanços principalmente no tratamento, mas ainda se atribui parte da queda da mortalidade a estratégias de rastreamento, que no caso do câncer de mama é feito com a mamografia”, esclarece o Dr. Lucas.

A seguir, o Dr. Lucas responde as 7 principais dúvidas de pacientes sobre o rastreamento do câncer de mama. Este material serve como um guia para as respostas que todo profissional de saúde precisa dar aos seus pacientes.

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Comente

Veja outros conteúdos

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos