NOTÍCIAS

Pacientes de médicos velhos morrem mais do que os de médicos mais novos

0
(0)

Estudo da Universidade da Harvard constata que conforme a idade do médico aumentava, crescia também a taxa de mortalidade dos pacientes

O senso comum diz que estar nas mãos de médico experiente é mais seguro do que ser atendido por um novato na medicina. Porém, um estudo da Universidade de Harvard vai de encontro com o senso comum e constata: pacientes de médicos mais velhos morrem mais do que os doentes socorridos pelos mais novos.

17 perguntas que todo paciente deve fazer ao médico antes e depois de uma cirurgia

Segurança do paciente deve fazer parte da formação do médico residente

É dever do profissional de enfermagem chamar o médico em horário de repouso?

“No mesmo hospital, os pacientes tratados por médicos mais velhos apresentaram maior mortalidade do que os pacientes atendidos por médicos mais jovens, exceto os médicos que tratam grandes volumes de pacientes”, conclui o estudo comando pelo Dr. Yusuke Tsugawa, professor assistente da UCLA com pesquisas que analisam a variação na qualidade, os custos de cuidados médicos e as características médicas individuais.

Confira aqui o estudo publico no BMJ (British Medical Journal).

Resultados da pesquisa
Durante o estudo, foram analisadas 736.537 admissões, que foram administradas por 18.854 médicos hospitalistas com idade média de 41 anos. As características dos pacientes foram semelhantes em todas as faixas etárias dos médicos. As taxas de mortalidade durante 30 dias foram: 10,8% para médicos com idade inferior a 40 anos, 11,1 % para médicos entre 40 e 49 anos, 11,3% para médicos de 50 a 59 e 12,1% para médicos com mais de 60 anos.

Entre os médicos com um alto volume de pacientes, no entanto, não houve associação entre a idade do médico e a mortalidade do paciente. Além disso, as readmissões não variaram com a idade do médico, enquanto os custos de cuidados foram ligeiramente maiores entre os médicos mais velhos.

A data de nascimento, portanto, não pode ser levada somente em conta na escolha do profissional. Vale pedir a boa e velha indicação. “Julgar apenas a idade como um fator não é o jeito certo de avaliar a performance de médicos”, diz Tsugawa, da Universidade de Harvard.

Leia mais

Saúde suplementar: médico pede mais exames no Brasil que em países desenvolvidos

Veja mais

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Comente

Veja outros conteúdos

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos