NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Risco de troca das vacinas de febre amarela e tríplice viral é iminente, alerta Anvisa

Risco de troca das vacinas de febre amarela e tríplice viral é iminente, alerta Anvisa
0
(0)

A semelhança dos rótulos pode aumntar o risco de confusão e troca de medicamentos no momento da dispensação e administração; saiba o que fazer para evitar a troca de vacinas

O Instituto para Práticas Seguras no Uso dos Medicamentos (ISMP Brasil), promotor da segurança no uso de medicamentos no Brasil, emitiu o Alerta de Segurança para os profissionais de saúde sobre os riscos troca de frascos de vacinas de febre amarela e tríplice viral. Foi relatando o caso de onze mulheres em período de amamentação que receberam a vacina da febre amarela no lugar da vacina tríplice viral, sendo a primeira não recomendada para este público.

Análise de caso: insulina é aplicada em vez de vacina da gripe

Confira as mudanças de recomendação de seis vacinas no calendário nacional

“O controle de infecções está nas mãos de todos”, diz infectologista

Essas vacinas, assim como os outros medicamentos adquiridos pelo Ministério da Saúde, obedecem a uma identificação visual padronizada para os rótulos das embalagens de medicamentos destinados ao SUS, normatizada pela Anvisa. Tem-se observado que a semelhança dos rótulos pode aumentar o risco de confusão e troca de medicamentos no momento da dispensação e administração. Assim, faz-se necessária a adoção de medidas específicas para prevenir a ocorrência de erros de medicação envolvendo a troca de vacinas com identidade visual semelhante.

Vale ressaltar que com “o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe e o aumento do número de pessoas buscando a vacina da febre amarela, estes riscos se agravam”.

O que fazer

Para prevenir o risco dessa troca de vacinas algumas medidas podem ser adotadas como:
– Armazenar os medicamentos com nomes e embalagens semelhantes em lugares separados;
– Implementar o uso de rótulos diferenciados nos medicamentos e fixar alertas no local de armazenamento e dispensação;
– Usar procedimentos de dupla checagem dos medicamentos antes da sua administração;
– Sempre conferir o rótulo antes da administração da vacina.

Veja mais

 

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos