NOTÍCIAS

Segurança do Paciente

Saiba qual o papel do farmacêutico no contexto de segurança do paciente

Saiba qual o papel do farmacêutico no contexto de segurança do paciente
0
(0)

A principal estratégia para evitar os erros de medicamento é a incorporação de uma comissão de farmacovigilância

O envolvimento do farmacêutico pode ajudar a reduzir a incidência dos eventos adversos relacionado ao uso de medicamentos. “Este profissional deve trazer as diretrizes de como se prevenir, tratar, identificar e analisar um evento adverso dessa natureza”, diz Paulo Henrique de Oliveira, farmacêutico clínico, consultor de projetos e assessor científico do IBSP – Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente.

A principal estratégia para evitar os erros de medicamento é a incorporação de uma comissão de farmacovigilância dentro dos hospitais. Essa comissão deve ser formada por profissionais de diversas áreas, como médicos, enfermeiros, farmacêuticos, que irão traçar as diretrizes para que se consiga prevenir, analisar, tratar e, futuramente, evitar estes eventos adversos.

“É fundamental a participação do profissional farmacêutico, pois apesar do trabalho ser a multidisciplinar, a responsabilidade pela ocorrência de um evento adverso associado ao uso de medicamentos é dele”, acredita Paulo. “Acredito que o farmacêutico deve ser um impulsionador da implantação da farmacovigilância”, completa o farmacêutico.

Avalie esse conteúdo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Outros conteúdos do Acervo de Segurança do Paciente

Tudo
materiais-cientificos-icon-mini Materiais Científicos
noticias-icon Notícias
eventos-icon-2 Eventos